10 Dicas para contratar uma solução em nuvem: Tudo o que você precisa saber

Apesar dos grandes avanços e da consolidação de algumas empresas do segmento, acertar na escolha de uma solução na nuvem ainda é um desafio para muitos gestores.

O surgimento do modelo que consiste no uso de softwares que não dependem da instalação física de um programa ou da compra de uma licença é a maior novidade do segmento de tecnologia dos últimos tempos. As empresas de SaaS, ou Software as a Service, são uma realidade cada vez mais abrangente.

Ao oferecer aplicativos, sites e softwares de colaboração na nuvem, essas soluções permitem automatizar as rotinas corporativas, além de ajudar a manter os colaboradores conectados entre si, trocando informações online em tempo real. Elas também melhoram a eficiência e produtividade no atendimento ao cliente e a qualidade dos serviços prestados.

Um estudo da IDC identifica cinco estágios de maturidade de adoção da nuvem: ad hoc (temporária/provisória), oportunista, repetível, gerenciada e otimizada. O estudo revelou ainda que as empresas que aumentam sua maturidade de nuvem do nível mais baixo – ad hoc – para os mais altos –  de nuvens otimizadas – apresentaram os seguintes resultados:

  • 10,4% de aumento nas receitas;
  • 77% de redução dos custos de TI;
  • 99% de diminuição no tempo de prestação de serviços e aplicações de TI;
  • 72% maior capacidade do departamento de TI em atender ao nível de serviço (SLAs).

Poderíamos ainda listar muitas outras vantagens trazidas pela implementação das soluções em nuvem. São vários os motivos que levam as empresas a adotar esse modelo, mas o foco aqui é destacar alguns pontos importantes para você levar em conta na hora de escolher a melhor opção para a sua empresa.

Veja abaixo algumas dicas que podem ajudar de contratar uma solução em nuvem:

1. Boa relação custo-benefício

Buscar uma solução levando em conta apenas o preço pode ser um grande erro e, em alguns casos, o barato pode sair caro. Portanto, na hora de buscar uma solução, inicie a sua busca mapeando as principais funcionalidades que a ferramenta deve cobrir para atender as suas necessidades. Se possível, busque soluções que disponibilizam um teste grátis, como as soluções Nuubes. Depois, consulte os preços e os planos e, por fim, escolha o que melhor se adéqua ao seu orçamento.

2. Suporte técnico e atualização constante

Além de contratar um bom serviço, é essencial também verificar como é o suporte oferecido. A empresa contratada, além de oferecer um ou mais canais de ajuda para sanar possíveis dúvidas ou problemas, também deve ser rápida no retorno e fazer melhorias contínuas, implementando novas funcionalidades. Contar com um bom suporte em momentos de necessidade simplesmente não tem preço.

3. Agilidade de implantação

Comparada com o modelo tradicional, a implementação das soluções em nuvem é muito mais rápida, já que são realizados testes que permitem às empresas do setor responderem a uma demanda imediata dos consumidores.

4. Ser intuitiva e fácil de usar

A ideia de usar uma solução em nuvem é descomplicar. Por isso a ferramenta precisa ser de fácil configuração e com interfaces intuitivas e práticas que dispensam longos treinamentos e implantações.

5. Segurança dos dados

A segurança é um dos principais fatores na escolha dessa ferramenta. Dependendo do sigilo que suas informações precisam, vale investir em um armazenamento mais completo e que ofereça mais barreiras de proteção. Além disso, é preciso avaliar a confiabilidade do servidor na área de perda de arquivos. É importante conhecer as medidas de proteção, de backup e de recuperação em caso de quaisquer problemas. Além disso, sempre cheque o índice de indisponibilidade desse servidor. Ou seja, quanto tempo sua empresa pode ficar sem acesso aos dados em caso de falhas.

6. Integração com outras plataformas

As empresas, cada vez mais, contratam soluções de diferentes fornecedores e tecnologias para diversas áreas e processos de negócios. Por isso é importante que você entenda como a solução se integra com as demais.

7. Performance

A performance é outro ponto crítico que não deve ser ignorado. Certifique-se que testes sejam feitos e questione o fornecedor sobre esse item, principalmente no processamento das tarefas mais pesadas ou durante os períodos de maior demanda.

8. Mobilidade

O ideal é que você acesse a solução de qualquer lugar, de maneira simples e fácil. Um bom software de gestão nas nuvens deve permitir a realização de uma série de tarefas – como consultas de relatórios, verificação de disponibilidade de produtos, vendas em tempo real e comparação de preços em concorrentes – de qualquer lugar com acesso à internet.

9. Flexibilidade

O sistema deve oferecer a possibilidade de começar pequeno e ir crescendo conforme a necessidade de expansão de seu negócio, seja na aquisição de novas licenças ou em outros módulos e recursos que agreguem valor à sua empresa.

10. Escalabilidade

Por fim, a escalabilidade irá permitir que, à medida que o seu negócio cresça, você incremente a capacidade, o processamento, a quantidade de licenças para mais usuários e, ainda, a possibilidade de adicionar novos recursos.

Software em nuvem como uma evolução.

imagem nuubes solução em nuvem

 

 

 

 

 

 

 

Um software que utiliza a computação em nuvem deve ser visto como uma evolução que traz produtividade e segurança. É um investimento que proporcionará à sua empresa redução de custos, com tecnologia de ponta e mobilidade. O futuro é esse: prosperidade para o seu negócio com qualidade, velocidade e simplicidade!

A Nuubes investe na contínua melhoria de suas soluções e na segurança dos dados, com suporte ágil e permanente, para manter a satisfação e a fidelidade de clientes e usuários. Conheça as nossas soluções e faça um teste grátis.

Se você gostou deste artigo, vai se interessar também por:

 

Como a Tecnologia têm ajudado a aumentar a Eficiência e Produtividade da Gestão Contábil

Como gerenciar rotinas contábeis?

Melhorar a produtividade automatizando as rotinas do seu escritório contábil

 

 

 

Leave a Comment